terça-feira, 19 de março de 2013

Canção das Mulheres


Canção das mulheres

Lya Luft

Que o outro saiba quando estou com medo, e me tome nos braços sem fazer perguntas demais.

Que o outro note quando preciso de silêncio e não vá embora batendo a porta, mas entenda que não o amarei menos porque estou quieta.

Que o outro aceite que me preocupo com ele e não se irrite com minha solicitude, e se ela for excessiva saiba me dizer isso com delicadeza ou bom humor.

Que o outro perceba minha fragilidade e não ria de mim, nem se aproveite disso.

Que se eu faço uma bobagem o outro goste um pouco mais de mim, porque também preciso poder fazer tolices tantas vezes.

Que se estou apenas cansada o outro não pense logo que estou nervosa, ou doente, ou agressiva, nem diga que reclamo demais.

Que o outro sinta quanto me dóia idéia da perda, e ouse ficar comigo um pouco - em lugar de voltar logo à sua vida.

Que se estou numa fase ruim o outro seja meu cúmplice, mas sem fazer alarde nem dizendo ''Olha que estou tendo muita paciência com você!''

Que quando sem querer eu digo uma coisa bem inadequada diante de mais pessoas, o outro não me exponha nem me ridicularize.

Que se eventualmente perco a paciência, perco a graça e perco a compostura, o outro ainda assim me ache linda e me admire.

Que o outro não me considere sempre disponível, sempre necessariamente compreensiva, mas me aceite quando não estou podendo ser nada disso.

Que, finalmente, o outro entenda que mesmo se às vezes me esforço, não sou, nem devo ser, a mulher-maravilha, mas apenas uma pessoa: vulnerável e forte, incapaz e gloriosa, assustada e audaciosa - uma mulher.



quinta-feira, 14 de março de 2013

Bhuda (1)



“Todos os seres vivos tremem diante da violência. Todos temem a morte, todos amam a vida. Projete você mesmo em todas as criaturas. Então, a quem você poderá ferir? Que mal você poderá fazer?"
Budha

quarta-feira, 6 de março de 2013

Segredos da Alma



A alma não tem segredo que o comportamento não revele.
(Lao Tsé)

Margem Real de Alternativa do Indivíduo


Todo preconceito impede a autonomia do [ser humano],ou seja, diminui sua liberdade relativa diante do ato de escolha, ao deformar e, conseqüentemente, estreitar a margem real de alternativa do indivíduo.
                        Agnes Heller


A Sabedoria das Mulheres


Sabedoria Oriental


O mais importante é o decidir


Dominar-se a si próprio


Dominar-se a si próprio é uma vitória maior do que vencer a milhares em uma batalha. 
Sakyamuni

terça-feira, 5 de março de 2013

Os Anos Mais Doces



Quando a velhice chegar, aceita-a, ama-a. 
Ela é abundante em prazeres se souberes amá-la. 
Os anos que vão gradualmente declinando 
estão entre os mais doces da vida de um homem. 
Mesmo quando tenhas alcançado o limite extremo 
dos anos, estes ainda reservam prazeres.”
( Sêneca)

Nils Kercher - Sanu


Cuide de Você

                                 

Amor - Sentimento dos Seres Imperfeitos


Oração Lakota




Oração Lakota

Wakan Tanka, Grande Mistério,
Ensina-me a confiar
em meu coração,
em minha mente,
em minha intuição,
na minha sabedoria interna,
nos sentidos do meu corpo,
nas benções de meu espírito.
Ensina-me a confiar nisso tudo,
para que eu possa entrar no meu Espaço Sagrado
e amar além de meu medo,
E dessa forma Caminhar em Equilíbrio
a cada passo do glorioso Avô Sol.

A Song for Gurudev


segunda-feira, 4 de março de 2013

Allan Kardec (1)


A pureza de coração é inseparável da simplicidade e da humildade; ela exclui todo pensamento de egoísmo e de orgulho;é por isso que Jesus toma a criança como símbolo dessa pureza , como a tomou por símbolo de humildade.
Allan Kardec.

A Música exerce salutar influência sobre a alma e a alma que a concebe também exerce influência sobre a Música. A alma virtuosa, que nutre a paixão do bem, do belo, do grandioso e que adquiriu harmonia, produzirá obras-primas capazes de penetrar as mais endurecidas almas e de comovê-las.
(Obras Póstumas)
Allan Kardec

domingo, 3 de março de 2013

Vôo do Beija Flor - Elisa Cristal


Vôo do Beija Flor - Elisa Cristal


2x
Voo silencioso do mistério do amor
Fecho os olhos para ver aonde vou

2x
Voar pelo infinito daquilo que eu sou
(Desvendar/Mergulhar) o oceano interior

2x
Beija-flor me leva
Beija-flor desperta (em mim)


2x
Me leva nas águas deste rio encantador
Vale dourado do meu lindo beija-flor

2x
Voar neste azul, o sol a se pôr
Vento suave me traz o frescor

2x
Beija-flor me leva
Beija-flor desperta (em mim)

2x
Beija suave e faz abrir todas as pétalas desta flor
Brilho da mata que incendia o buscador

2x
Passarinho que me encanta, canta o canto do amor
Me leva para onde você for

2x
Beija-flor me leva
Beija-flor desperta (em mim)

sábado, 2 de março de 2013

Chandra Lacombe - Prabuuh Aap Jago




Chandra Lacombe - Prabuuh Aap Jago 

Significado:

"Deus desperte, Deus desperte em mim, Deus desperte em todos os lugares.
Acabe com o jogo do sofrimento e ilumine o jogo da alegria"

Confira a letra:


Prabuuh Aap Jago (3x)

Param Atma Jago (2x)
Mere Sarve Jago
Sarvatra Jago
Prabuuh Aap Jago
Param Atma Jago
Repete tudo 9x
Yoga... away
Yoga... awaking everyone
See, it's the game of suffering
Illuminate the Game of Joy (2x)
...away
Yoga... awaking me
Yoga... awaking everywhere
Yoga... awaking every hard
See, it's the game... (2x)

Jeus de Nazaré (1)


"Tudo o que a sua mão encontrar para fazer, faça-o com todo o seu coração."

"Ame a teu próximo como a ti mesmo e não faça aos outros o que não quer que façam contigo."

"Veja, se eu o enviar para dormir no meio dos lobos, seja esperto como as serpentes e inofensivo como os pombos."

Jesus de Nazaré