sábado, 8 de março de 2014

Mulher!...

Mulher

Reluzes em todo o alvorecer
Rico tesouro carregas em teu ser

Cerne da árvore da vida
Tão bela e sempre tão querida

Templo do mais puro amor
Sublime como o perfume da flor

Véu de ternura e meiguice pura
Paz que inebria, acalenta, cura...

Brava mulher é teu o paraíso
Firme esperança mantém o teu sorriso

Força de paz e natureza plena
Na tez suave da madurez serena

Mãe no mais nobre recôndito de tua alma
Anjo, mulher, confortas com tua calma

Traduz a vida com brio e atitude
Com força e raça em mansa quietude

Para abrandar as dores e labores
Cantas e encantas os teus amores

Sábia mulher que dança no compasso
Trazes magia e graça no teu passo

Confiante, desenhas tua estrada
Com fé, trabalho, sustentas a jornada

Com pés no chão, não foges da labuta
Segues com amor, com garra, tua luta

Teu ser é múltiplo de tantas qualidades
Transbordas, amor, vigor, sensibilidade...

Para o filho, és tudo o que há de mais sagrado...


Para o universo, o mais doce e completo legado!...

Autoria: Maria Raquel de Oliveira Souza